novembro 21, 2014

2 pecados que o escritor não pode cometer

São apenas 2.

O escritor — se deseja ser realmente um profissional — precisa evitar a impaciência e a indolência.

Ele não pode ter pressa se quiser atingir seus objetivos. Sofreguidão e escrita não combinam.

E não pode ser preguiçoso: precisa estar todos os dias, no mesmo horário, diante do papel em branco ou da tela do computador.

Kafka estava certo: “Existem dois pecados capitais, dos quais todos os outros derivam: impaciência e indolência. Por causa da impaciência os homens foram expulsos do paraíso, por causa da indolência eles não voltam”.

2 comentários:

Unknown disse...

olá, gostaria de saber de quem é a autoria deste desenho. eu gostaria de compartilhá-lo no facebook. atenciosamente, Rodrigo

Thiago B. disse...

Caro Rodrigo Gurgel,

Só tenho a agradecer por seus conselhos. A lucidez que me falta, que falta a muitos iniciantes(sou um 'marinheiro de primeira viagem', pode—se dizer), bem como a palavra amiga, mas, ainda assim, severa — correta, entretanto — quando deve ser.

Mais uma vez: obrigado.