fevereiro 27, 2010

Só ignorantes ou desonestos gostam de plágio

Com seu blog “Não gosto de plágio”, a tradutora Denise Bottmann presta inestimável serviço à cultura brasileira, ao mercado editorial e a todos nós, que amamos os livros. Com raro ânimo, ela acompanha o mercado livreiro e o silencioso – e infelizmente pouco reconhecido – trabalho dos tradutores nacionais, além de abrir espaço aos artigos de dois dos nossos maiores tradutores: Jório Dauster, autor de traduções exemplares de Nabokov, e Ivo Barroso, tradutor das obras completas de Rimbaud, apenas para citar um de seus magníficos trabalhos.

A Denise Bottmann, todo o nosso irrestrito apoio.

5 comentários:

denise disse...

prezado rodrigo, muito obrigada pelo precioso apoio.
rascunho é uma de nossas grandes, se não a principal, revistas literárias.

Pedrita disse...

gostei muito do blog. obrigada, pedrita

Rodrigo Gurgel disse...

Obrigado pela visita, Denise. E parabéns por seu belo, honroso trabalho!

Rodrigo Gurgel disse...

Grande beijo, Pedrita!

Pedrita disse...

rodrigo, falei de jean barois q acabei de ler no meu blog. acho q fazia tempo que não me aventurava falar mais em detalhes minhas impressões sobre o livro. como é o olhar de uma leitora, não de uma estudiosa, sempre fico com receio de ir mais longe dos meus argumentos. coloquei o post no meu blog. beijos, pedrita