novembro 13, 2009

Causas do apagão

Eu estava nas ruas de São Paulo quando ocorreu o blecaute – e não foi nada agradável a sensação de completa insegurança que experimentei e pude constatar em centenas de outras pessoas.

É fácil para o subperonismo lulista – a expressão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é perfeita em sua síntese – simplesmente dar o caso por encerrado, como se não lhe coubesse qualquer responsabilidade ou, no mínimo, uma palavra de desculpa pelo transtorno causado a milhares de pessoas.

Mas se você, caro leitor, fica se perguntando por qual motivo o insigne presidente não vem a público e faz mais um dos seus discursinhos demagógicos, repletos de linguajar grosseiro, sorrisos ensaiados e ironias fáceis, leia a primeira parte do texto de Malu Gaspar, chefe da sucursal da revista Exame no Rio de Janeiro. Muitas coisas começarão a ficar claras.

[E aqui, a segunda parte da criteriosa análise de Malu Gaspar.]

2 comentários:

Isabel disse...

O que me causa alguma perplexidade (cada vez fico menos perplexa com os absurdos!!!) é o fato de gente da "esquerda democrática" fingir que não ouviu o sr. Lobão dizer "CASO ENCERRADO!" Como se ele fosse o pai autoritário de um bando de pirralhos irresponsáveis!
ABÇ!
Bel

Petrucchio disse...

Grande valia o texto!